Fiscal do Enem 2016

Fiscal ENEM 2016

(Foto: Divulgação) Fiscal do Enem 2016

Para uns, o ENEM é uma tentativa de garantir sua vaga numa universidade pública. Para outros, uma forma de ganhar dinheiro é trabalhando nos dois dias de provas. É uma boa quantia para quem deseja complementar a renda no mês de realização da prova. Para trabalhar no ENEM 2016 existem vários cargos, entre eles: fiscal do ENEM 2016. Sendo este um ótimo cargo e pretensioso cargo. Quer saber como ser fiscal do ENEM 2016? Veja neste artigo!

Fiscal do ENEM 2016

Trabalhar como fiscal do ENEM além de ser uma forma de complementar sua renda é uma ótima oportunidade de aprendizado. Isto porque o fiscal ficará sabendo  como funciona toda gestão e logística por trás deste maior vestibular do país.

Para ser um fiscal do ENEM 2016 é preciso que o candidato tenha certas qualidades. Imparciais, neutros e atenciosos são apenas algumas delas testado no momento do treinamento. O fiscal deve ter certa responsabilidade sobre seu cargo para que não venha acontecer nada errado durante esta prova de caráter nacional.

Durante o exame, o fiscal do enem é responsável por informar localização da sala, receber e entregar os cadernos de prova, autorizar e conferir a entrada de participante na sala de aula e também fazer a averiguação do caderno de questão e cartão-respostas. Além, claro, de impedir qualquer pessoa mal intencionada com a inidoneidade da prova.

Os valores para quem trabalha no ENEM 2016 são diferenciados. O valor alterna de acordo com cargo ocupado pelo cidadão. Por isso, para quem deseja trabalhar como fiscal deve receber uma quantia de R$ 150. Já para quem trabalha apoiando a equipe, a remuneração é de R$ 120. Os chefes de sala recebem a quantia de R$ 200. Estes valores são a diária, portanto como o ENEM acontece em dois dias, deve-se multiplicar duas vezes o valor da diária.

Como ser fiscal do ENEM 2016

Uma das primeiras alternativas para ser fiscal do ENEM 2016 é contatar algumas instituições educacionais, como institutos federais e universidades. O Instituto de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira mantém contato direto com esses órgãos em busca de mãos de obra para o exame nacional do ensino médio. Ao contatar diga o propósito do contato e suas qualidades, isto poderá contar ponto no momento da seleção.

O recrutamento de fiscal do ENEM 2016 não é só feita desta forma. Mas também por meio das mais conhecidas e confiáveis bancas de vestibulares do Brasil.

Geralmente, para ocupação de vaga para trabalhar no ENEM 2016 a Cespe/UnB põe páginas com todas as informações sobre o processo seletivo por intermédio de edital.

Por sua vez, a CESGRANRIO oferece um sistema de alocação de colaborações, mais conhecido como SAC. Por meio de uma senha e login, ele dispõe de todas as informações sobre os trabalhos para o exame em 2016. Eles também recrutam pessoas para colaboração nos próprios certames.

Está com alguma dúvida sobre como ser fiscal do enem 2016? Diga-nos na área de comentários para que possamos solucioná-las.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *